Blog Simplic

17 outubro 2018

3 direitos do consumidor endividado

Você está com alguma conta atrasada? Então saiba que não está sozinho. Dados recentes mostram que 63,4 milhões estão endividadas aqui no Brasil – 41% da população adulta. Para você ter uma noção melhor do que esse número representa, é o mesmo que dizer que toda a população da Itália tem alguma pendência financeira.

O que muitas dessas pessoas não sabem é que, mesmo com dívidas, elas têm direitos que devem ser respeitados. São regras como, por exemplo, ser lembrado pelo órgão de proteção ao crédito por escrito, como o Serasa ou SPC, de que a dívida existe antes que seu nome seja negativado. São 10 dias para regularizar a situação antes que o seu CPF entre na lista dos “maus-pagadores”. Além dessa, existem outras regras que são pouco conhecidas. Confira e fique por dentro dos seus direitos!

  • Ser exposto ao ridículo? Não pode!
    Para evitar qualquer tipo de situação vexatória, o Código de Defesa do Consumidor deixa claro que é crime esse tipo de cobrança. Isso vale para qualquer tipo de constrangimento que possa expor o consumidor, como ligações no local de trabalho ou fora do horário comercial, deixar recados com conhecidos ou até mesmo cartas em que o envelope revele que se trata de uma cobrança de dívida.
  • Informações claras sempre
    Juros, multas, taxas, correções. São tantos cálculos que é extremamente fácil que quem não esteja familiarizado com esse tipo de situação acabe se perdendo. Justamente para que o consumidor não saia lesado, é um direito que todas as informações usadas em uma negociação sejam apresentadas de forma clara. Antes de assinar qualquer acordo, leia todas as informações com atenção, confira os valores, juros praticados e tenha certeza de que aquele acordo cabe no seu bolso.
  • Nem todos os bens podem ser penhorados
    Em alguns casos, o consumidor que não paga suas dívidas pode acabar tendo seus bens penhorados. Mas, antes de mais nada, leia com atenção a carta de cobrança, pois nem todos os bens podem ser retirados do seu patrimônio, como único imóvel da família, salário e utilidades domésticas, como o fogão e a geladeira, que sejam anteriores à dívida não podem ser penhorados. Ao perceber alguma irregularidade, procure o auxílio de um advogado.

Fique atento: as dívidas muitas vezes podem ser repassadas a outras empresas, mas antes de fazer qualquer negociação, tenha certeza de que está falando com quem realmente deve. Por isso, se tiver dúvidas, ligue para o credor e certifique-se de que está falando realmente com a empresa certa, pois muitas pessoas acabam caindo em golpes. Depois de quitado, exija também um comprovante de que a pendência acabou para poder ficar mais tranquilo e evitar dores de cabeça no futuro.

Mas como se livrar das dívidas?

Melhor que todas essas dicas de direitos para quem está com dívidas é não ter esse tipo de preocupação, não é mesmo? Para quem está sem uma reserva para pagar essas pendências, a única alternativa seria um empréstimo. O problema é que a maioria das instituições não aceita quem está com o nome sujo. Mas a Simplic é diferente!

Ao contrário de outras muitas empresas que oferecem empréstimos, a Simplic tem muitos clientes que estão inadimplentes. E não importa se você é assalariado, autônomo, aposentado, pensionista do INSS ou servidor público, para enviar sua proposta* basta ser maior de 18 anos, ter um CPF ativo e uma conta no Santander, Bradesco, Itaú ou Caixa Econômica. Ou seja: a oportunidade que você esperava para se livrar de vez das contas atrasadas pode estar aqui, a poucos cliques de você.

Empréstimo de R$ 500 a R$ 3.500, que podem ser pagos em 3, 6, 9 ou 12 vezes, com o pagamento por débito automático para facilitar ainda mais sua vida e não precisar se preocupar com filas, boletos ou datas de vencimento. É só separar a quantia necessária para o pagamento da sua parcela na conta e pronto!

Para enviar uma proposta agora, só é preciso clicar no banner abaixo, fazer uma simulação preenchendo o valor e quantidade de parcelas desejados e preencher o seu cadastro. Em poucos segundos, seus dados são analisados por um moderno sistema e você já saberá se foi pré-aprovado. Se esse for o seu caso, pode ser necessário enviar alguns documentos, que serão analisados em até 48 horas. Foi aprovado? Dinheiro na conta em até 24 horas!

Viu só como é fácil? Todo o processo é 100% online, em nosso site, em um ambiente totalmente seguro para que você não precise se preocupar! Tudo isso sem trânsito, espera, horários apertados ou qualquer constrangimento de ter que falar com o gerente. Todos os passos são feitos de casa mesmo, direto pelo seu computador, tablet ou celular que tenha acesso à internet, na hora que você quiser. Se é simples, é Simplic. 😉

Ficou interessado? Então clique em “Quero um empréstimo” e faça uma simulação grátis agora!

*Todas as propostas estão sujeitas à avaliação da instituição financeira e podem ou não ser aprovadas.

Simule seu empréstimo