Blog Simplic

7 novembro 2018

Veja como consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista

Na maioria das vezes que compramos algo, ouvimos sempre a mesma pergunta: “CPF na nota?”. Mas você sabe o que isso quer dizer e para que serve? Se ainda não, leia este texto completo e descubra sua utilidade, vantagens e como consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista.

Desenvolvido em 2007 pela Secretaria da Fazenda, o programa de Nota Fiscal Paulista tem o objetivo de estimular o consumidor a pedir a NF fazendo com que a circulação de notas fiscais aumente e, com isso, reduzir a sonegação de impostos e concorrências desleais entre as empresas. Saiba como isso é feito!

Como funciona a Nota Fiscal Paulista

  1. Em cada compra, o consumidor deve informar seu CPF/CNPJ e solicitar a NF online.
  2. Após o registro do CPF/CNPJ do comprador feito pelo vendedor, ele emite o Cupom Fiscal/NF tradicional ou gera uma nota online no site.
  3. Depois do recolhimento do ICMS, a parcela do imposto proporcional ao valor da compra é creditado ao consumidor pela Secretaria da Fazenda.
  4. Dentro de cinco anos, o crédito poderá ser usado para abater o valor do IPVA ou ser transferido para uma conta corrente ou poupança.

Por que devo optar pelo CPF na nota?

Economizar hoje, amanhã e sempre! Isso é o que acontece com a Nota Fiscal Paulista. Você faz uma compra e pode desfrutar dos benefícios ao longo dos anos. Veja como!

  • Descontos
    Nós, da Simplic, prezamos sempre pela economia, e o simples costume de pedir o seu CPF na nota pode ajudá-lo nisso. O desconto varia de estado para estado, mas em São Paulo é possível abater as NFs no IPVA do ano seguinte.
  • Resgate
    Muito comum entre os contribuintes, é possível resgatar seus créditos acumulados na nota fiscal a cada seis meses por meio de uma transferência bancária. O valor do resgate gira em torno de 20% a 30% dos valores das compras.
  • Sorteio
    Como se tudo isso já não fosse bom, ainda é possível concorrer a prêmios em dinheiro. Mensalmente ocorrem sorteios que variam de R$ 30.000 a R$ 1.000.000. Nessa modalidade, basta criar um cadastro no site da Sefaz e cruzar os dedos para ser o sortudo da vez!
  • Ficou empolgado com as possibilidades, mas não sabe por onde começar? Não esquente a cabeça! A Simplic vai simplificar tudinho para você.

    Cadastro Nota Fiscal Paulista: passo a passo

    O primeiro passo para desfrutar das vantagens da Nota Fiscal Paulista é criar uma conta. Importante: não é preciso cadastrar as notas fiscais no site, isso acontecerá automaticamente depois que o seu cadastro estiver ativo.

    1. Na compra, solicite que o vendedor coloque seu CPF na nota.
    2. Acesse o site da Secretaria da Fazenda.
    3. Em “Novos Cadastros”, clique em “Cadastro Pessoa Física” ou “Cadastro Pessoa Jurídica”. Escolha a opção de acordo com o seu perfil.

    4. Preencha todos os campos, informando seu CPF, data de nascimento, nome completo da mãe (sem acentuação) e imagem de segurança. Por último, clique em “Avançar”.

    5. Continue preenchendo até completar todos os campos abaixo.

    6. Depois disso, basta clicar novamente em “Avançar”.

    Atenção: para que você consiga resgatar o saldo de crédito, informe a conta corrente ou poupança no nome do contribuinte que consta no cadastro da Nota Fiscal Paulista.

    Como consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista

    Agora que você já possui um cadastro, é importante ir acompanhando o saldo do rendimento das suas notas fiscais. Quando você menos esperar, terá uma graninha extra para comprar algo novo ou até pagar uma conta que estava faltando. Confira!

    1. Acesse o site da Secretaria da Fazenda.
    2. Insira seu CPF/CNPJ e senha. Depois clique em “Acessar”.

    3. Em seguida, selecione o período de emissão desejado e clique em “Consultar”.


    4. Agora é só verificar quanto você acumulou de crédito durante o período escolhido.

    Veja como interpretar os dados da consulta

    • Mês do cálculo: é o mês referente ao valor acumulado.
    • Mês da liberação: é a data que você poderá transferir o valor para sua conta.
    • Valor: é o quanto suas notas fiscais renderam de crédito.

    Para simplificar, veja o exemplo abaixo:

    Em julho de 2016, o proprietário da conta acumulou R$ 2,01. Esse valor só pôde ser retirado em outubro de 2017.

    Viu só como é simples? Uma mudança pequena no seu dia a dia pode fazer a diferença no seu bolso!

    Caso deseje, você ainda pode conferir o CNPJ, data de emissão, valores e outras informações sobre os estabelecimentos onde você solicitou CPF na nota.

    Dinheiro extra: como faço a transferência ou o abatimento do IPVA?

    Se você consultou o saldo e viu que já tem um valor disponível para transferência ou abatimento/quitação do IPVA, siga os passos abaixo:

    1. Após consultar seus créditos, embaixo da tabela de estabelecimentos você encontrará o valor disponível para saque. Caso queira usar esse valor, clique em “Utilizar créditos”.

    2. Escolha uma forma de utilização entre as três opções disponíveis: Crédito em conta corrente (a partir de R$ 25,00), crédito em conta poupança (a partir de R$ 25,00) e Quitação ou abatimento do IPVA.
    3. Caso opte por crédito em conta corrente ou poupança, basta informar os dados bancários da conta para onde deseja transferir.
    4. Se preferir o abatimento no valor do IPVA, informe o número do RENAVAM do veículo e o valor a ser abatido. Em seguida, clique em “Confirmar”.

    Como faço para saber se fui sorteado?

    Como já falamos anteriormente, uma das vantagens da Nota Fiscal Paulista são os sorteios de R$ 30.000 a R$ 1.000.000, que ocorrem mensalmente. Veja como consultar e cruze os dedos!

    1. No menu superior, passe o mouse em “Sorteios” e depois clique em “Visualizar sorteios”.
    2. A próxima tela apresentará todos os sorteios feitos até o momento da consulta.
    3. Para verificar os bilhetes de cada sorteio, basta clicar em “Consulte seus bilhetes do sorteio nº XX”.

    Agora que você já sabe como aproveitar todas as vantagens da Nota Fiscal Paulista, não esqueça de sempre pedir o famoso “CPF na nota”. Uma dica é comprar uma pasta e etiquetá-la com Nota Fiscal Paulista + o período das notas. Por exemplo: Nota Fiscal Paulista – junho a dezembro de 2018. Por mais que conste no sistema, sempre é bom ter o registro físico.

    Como sempre, nós buscamos alternativas inteligentes para ajudar você a economizar dinheiro. Mas sabemos que nem sempre é o suficiente. Uma conta médica de emergência, por exemplo, pode pesar bastante nas finanças da casa. Se isso acontecer, conte com o empréstimo Simplic. Atendemos* negativados*, pensionistas, aposentados, assalariados, servidores públicos e autônomos. Clique no banner abaixo e faça uma simulação grátis!

    *Todas as propostas estão sujeitas à avaliação da instituição financeira e podem ou não ser aprovadas.

Simule seu empréstimo